PALACETE LEÃO JUNIOR

PALACETE LEÃO JUNIOR


Inscrição Tombo 146-II
Processo Número 02/02
Data da Inscrição: 17 de dezembro de 2.003


Localização: Município: CURITIBA
Avenida João Gualberto N.º 570
Proprietário:
Particular - INEPAR – Administração e Participações S/A.
Outras denominações

HISTÓRICO

Foi construído por Agostinho Ermelino de Leão (1866-1907) e Maria Clara de Abreu Leão.
Agostinho e Maria Clara casaram-se por volta de 1890 e tiveram os seguintes filhos:

1. Agostinho (1891-1892)
2. Agostinho Ermelino de Leão (1892-1953)
3. Dolores Leão de Macedo (1894-1918)
4. Agílio Leão (1896- )
5. Ivo Abreu Leão (1898-1963)
6. Ruy Leão (1900- )
7. Maria Clara Leão de Macedo (1903-1980)
8. Luiz Abreu Leão (1906-1947)

Segundo depoimentos do Sr. Agostinho da Veiga, Agostinho Ermelino de Leão Júnior deixou o engenho de erva-mate que possuía na atual Avenida João Gualberto por volta de 1890 e mudou-se para Ponta Grossa onde enriqueceu. Quando retornou à Curitiba, no final do século XIX, deu início à construção do palacete. O projeto é do engenheiro Dr. Cândido Ferreira de Abreu (1856-1919), irmão de Maria Clara ( esposa de Agostinho ).

Sabe-se através dos descendentes que a família mudou-se para o palacete em 1902 aproximadamente porque Maria Clara Leão de Macedo, penúltima filha do casal, nasceu nessa casa em 1903. Rosi Woisky de Macedo, nora de Maria Clara Leão de Macedo conta que a família mudou-se para o palacete dois meses antes de sua sogra nascer. (1)

Características

O Palacete Leão Júnior está localizado em terreno de 10.000 metros quadrados, na Avenida João Gualberto. Esta área abriga, além do belo imóvel, um bosque de árvores centenárias.

O palacete foi construído em estilo eclético, em que características renascentistas convivem com elementos barrocos e clássicos. Foram empregados em sua construção os melhores materiais até então disponíveis.(2)
(1) - Texto: Palacete Leão Júnior. Fundação Cultural de Curitiba.
(2) - IBM. Folder, 1987.

ver Livro

ver Fotos 1 2




Ver informações e conteúdo do LIVRO ESPIRAIS DO TEMPO

Recomendar esta página via e-mail: